Plano de

Tratamento

Aos 40 anos

O que acontece com a nossa face quando chegamos aos 40 anos?

E o que podemos fazer para prevenir e tratar os sinais do envelhecimento?

Aos 40 anos começamos a notar algumas modificações um pouco mais acentuadas em nossa face, em alguns pacientes mais e outros menos, isso vai depender da sua genética.

O quê que acontece na maioria dos pacientes?

Começamos a notar algumas rugas fixas, na área da testa (ruguinhas na horizontal), na área da glabela (que é a ruguinha do bravo entre as sobrancelhas) e na área do "pezinho de galinha" ao sorrir (lateral dos olhos) - figura 01.

Essas ruguinhas vão começando a se instalar e para prevenir que se aprofundem, fazemos uma programação de aplicação de toxina de 2-3 vezes ao ano. Assim, impedimos que a contração forte e repetitiva marque a pele.

A aplicação da toxina vai relaxar a musculatura, suavizar um pouco mais essa ruga e impedir que ela fique cada vez mais acentuada.

Outro local em que se nota o envelhecimento é a área dos olhos, quando observamos uma queda dessa região, com aprofundamento da olheira, com formação de "bolsinhas" em algumas pacientes e flacidez nessa área - figura 02.

Isso acontece porque nessa idade perdemos a sustentação da área orbicular, o osso fica mais alargado e a gordurinha que sustenta essa região, o "soof" medial, começa a ter um pouco de queda.

Figura 01: "pés de galinha"
Figura 02: "Bolsinha abaixo dos olhos"
Figura 03: "bigode chinês"

A gordurinha do malar lateral (lateral do rosto) também começa a cair e ao despencar dá início a formação do "bigode chinês" - figura 03. É a desestruturação da parte medial do rosto que forma a linha do temido "bigode chinês".

Para prevenir, precisamos começar a reestruturar o terço médio da face - do zigomático até a região malar medial e só depois dessa reestruturação, passamos para o "bigode chinês".

Não adianta tratar o "bigode chinês" sem primeiro reestruturar essa área que sustenta nossa face.

Figura 04 - "preenchimento do mento (queixo)"

Outro ponto que notamos aos 40 anos é o início da perda do contorno do rosto. Para prevenir, podemos lançar mão do preenchimento da região do mento para projetá-lo - figura 04 - e melhorar o perfil do paciente, podemos preencher também a área do contorno do mento e mandíbula.

Na área de mandíbula podemos utilizar a toxina, que pode ser aplicada na região do músculo masseter, em quem tem esse músculo forte, para reduzir e afinar o rosto ou para melhorar o contorno do rosto.

Seguindo, podemos intervir no músculo platisma, quando a gente faz careta projetando o queixo, ele puxa o nosso rosto para baixo. Esse músculo se insere na mandíbula e desce para o pescoço. Se ele continuar contraindo, vai puxando nosso rosto para baixo. Para prevenir, seu tratamento deve ser precoce, depois dos 30 ou próximo aos 40 anos.

Figura 05 - "queixo de celulite"

A toxina também pode ser aplicada no mento (queixo) para melhorar o "queixo de celulite" - figura 05. Neste caso podemos associar a toxina ao preenchimento para melhora desse aspecto.


Figura 06 - Rugas perilabiais em "código de barras"

Outra área que nós notamos o envelhecimento são os lábios. O lábio começa a perder volume e enrugar mais fácil quando fazemos bico, formando as ruguinhas em "código de barras" - figura 06


Aos 40 anos há uma necessidade de fazer uma reestruturação do lábio do paciente, melhorar o cantinho do lábio que começa a ficar triste (caído), além da perda de estrutura ao redor do lábio.

Para corrigir ou prevenir, não necessariamente você precisa fazer um preenchimento colocando muito volume no lábio, precisamos buscar a estruturação labial, o seu rejuvenescimento de forma natural.

O pescoço e ao colo são áreas que envelhecem junto com a nossa face, além do uso de cremes de tratamento em casa que contém antioxidantes como vitamina C, ácido hialurônico e retinol, que são super bem vindos, o uso do protetor solar nessa área tem que ser lembrado sempre.

Em consultório, para melhorar as ruguinhas horizontais do pescoço usamos o Skinbooster (hidratação injetável), laser e bioestimuladores de colágeno.

Podemos tratar também as rugas do sono, aquelas ruguinhas que se formam no colo ao dormir mais verticais - figura 07. O colo fica um pouco mais enrugado e manchado por causa do sol e podemos rejuvenescer essa área também, usando bioestimuladores de colágeno, Skinbooster, Laser, Luz Pulsada, Peeling...

Então é isso! Os tratamentos aos 40 anos precisam ser associados.

Precisam ser iniciados em conjunto: Preenchimento, Toxina, Bioestimuladores e tratamentos da pele como Peeling, Laser, Luz Pulsada e outros. Devem ser associados aos poucos, traçando um plano de tratamento a depender da demanda do paciente, da necessidade e do que lhe incomoda.

O tratamento deve ser feito em etapas, não precisa fazer tudo ao mesmo tempo, mas é necessário começando esses cuidados o quanto antes.

Vejam também sobre os planos de tratamentos aos 30, 50 e 60 anos e o que que a gente pode fazer em cada uma dessas idades para melhorar a qualidade de vida e auto estima.